O nu feminino sensual e natural

Melissa, conhecida no Instagram como @perazna, conseguiu! E agora, nove anos depois de ter começado, está próxima de chegar à marca de 1000 fotografias sensuais de mulheres, o que gosta de chamar de Projeto Dócio. “Pretendo (com as fotos) realizar uma colagem em grande escala e formar o rosto de uma mulher”, afirma, explicando que o nome significa uma homenagem à mulher, à sua sensualidade, sendo relacionada a um ser forte e único, sua fonte de inspiração.

Arranhamos nosso espanhol e conseguimos trocar uma ideia com ela sobre seu trabalho e características da sua obra. Se liga no papo e nas melhores fotos que escolhemos pra ilustrar a resenha:

Como você começou a fazer essas fotos?

Comecei a tirar fotos aos 14 anos de idade. Minha intenção, naquela época, era fazer uma série de fotografias que exaltam, de alguma forma, o corpo feminino, o sentimento, e a essência destes por meio de um senso de empoderamento. Eu decidi dedicar este projeto à minha mãe, minha inspiração principal, às minhas tias e a todas as mulheres que marcaram minha vida desde que comecei essa viagem. E foi assim que nasceu o projeto Dócil. Eu tenho seguido este ideal por cerca de nove anos.

A idéia do projeto Dócil é retratar 1000 mulheres e das fotografias fazer uma colagem em larga escala, e formar a cara de uma mulher. Dócil é uma homenagem às mulheres, à sensualidade, à sexualidade relacionada como um ser forte e único. A mulher como fonte de inspiração, na qual ela expõe sua sensualidade por sua diversão e para viver com liberdade e sem tabus.

Por que você trabalha apenas com fotos de mulheres?

Sempre trabalhei com mulheres em meus projetos pessoais porque eu me identifico com cada história, com cada mulher. Quero fortalecer as mulheres devido ao trabalho social de minha mãe desde a minha infância. A casa do meu pai era dirigida por mulheres, por isso eu decidi me inspirar pelo gênero feminino. No meu trabalho comercial, trabalho o mesmo conceito, mas sob uma ideia que complementa a marca ou campanha publicitária em que ambos os sexos participam.

De onde vem a inspiração para o seu trabalho?

Estou à procura de poder, histórias de vida. Procuro me identificar com suas experiências (das mulheres que fotografa), expressando-me com total liberdade. Eu sou apenas um instrumento. O meu trabalho fotográfico não se baseia em uma técnica específica, mas com base nos pequenos detalhes que capturei em um momento decisivo que se torna único. Tudo conspira, tornando a vida e a naturalidade uma ferramenta de trabalho ideal para mim. 

Assumo a prática artística da experiência cotidiana e dos objetos que se relacionam com o corpo, o espaço e as mulheres. No meu trabalho, exploro o sensual e o melancólico do cotidiano para tentar revelar o sentimento dos representados. Utilizo uma técnica natural, na qual o enquadramento, a cor e a luz eu ganho do espaço e da câmera. Nenhuma das minhas fotografias são interpostas e não tem nenhum tipo de edição que altere a imagem. Minha intenção é fazer a imagem se comunicar e transferir a beleza que descobri nela. Tudo tem a ver com a magia do momento.

 

¿Para qué preocuparse por quien no se preocupa por ti? ???????? #mood www.melissacartagena.co

Uma publicação partilhada por Melissa Cartagena ???????? (@perazna) a

30 de Nov, 2017 às 10:00 PST

Qual é a dinâmica do trabalho. Quantas modelos fazem as fotos por vez?

São coincidências de momentos de vida que acontecem. Tudo flui. Não tenho uma dinâmica específica, cada uma delas é histórias diferentes. São momentos únicos entre ela e eu.

Você que escreve os textos das fotos no Instagram? De onde vem a inspiração?

Eu escrevo como uma terapia, como uma paixão, tanto para dizer, como para contar. Eu quero transmitir, quero ser e levar uma mensagem. Sou todo um sentimento e pele. Ás vezes eu quero gritar tudo o que sinto e acompanhar com textos minhas fotos são as melhores maneira de dizer o que eu sinto. E nada melhor do que nas redes sociais, o olympus de millenials.

 

Todo pasa. Lo importante se queda. www.melissacartagena.co

Uma publicação partilhada por Melissa Cartagena ???????? (@perazna) a

22 de Nov, 2017 às 10:05 PST

 

Você já veio ao Brasil? Você conhece alguma coisa sobre nossa cultura?

Sim, estou muito relacionada ao Brasil. Minha irmã vive em São Paulo, e é um país que me inspira. Eu quero retornar em meados de junho para tirar fotos. Estou maravilhada com seu país.

 

Viernes. Creo que buscar la aprobación ajena constantemente hace que nos alejemos de la propia. Viernes viernes y ???? www.melissacartagena.co

Uma publicação partilhada por Melissa Cartagena ???????? (@perazna) a

3 de Nov, 2017 às 5:41 PDT

Veja mais fotos feitas por Melissa que integram seu projeto Dócil.

Escrito por:

Rubens Nogueira

Jornalista por profissão e músico por teimosia, ama tudo quanto é tipo de arte e se amarra em produção de conteúdo de diversos tipos, tamanhos, formatos e canais. Não consegue viver sem jogar futebol e tocar violão de vez em quando.
Popular em Fotografia