Faz quase dois meses que lançamos o blog do Freak Market.

Pode ser uma coincidência, mas foi em 18 de novembro, no dia do meu aniversário. Qual melhor presente eu poderia ter?!

O público alternativo tinha poucas opções para encontrar conteúdo sobre o que acontece no mundinho underground e conceitual. Diante disso, quisemos criar uma identidade própria, fora desse exército de clones difusor dos clichês de moda, que mostra os artistas de sempre, visita restaurantes convencionais e replica notícias iguais. Nosso maior objetivo é sair da rota dos meios tradicionais de comunicação, em que todo mundo fala sempre sobre o mesmo assunto.

O “freak”, que batiza o Freak Market, significa alguma coisa ou pessoa inabitual e incomum. Então, se você é punk, gótico, clubber, headbanger, mod, nudista, transexual, fetichista, adepto de esportes extremos, venha saber das novidades pelo nosso blog. Começamos com pouco alarde e chegamos a quase 5.000 seguidores no Facebook.

Vamos sair cada vez mais do mainstream e das normas estabelecidas para seguir o nosso próprio caminho. Estamos focados em produzir reportagens regidas por um tom livre sem concessões, com insolência e provocação, para gerar debate. Aos poucos, vamos mostrar a nossa verdadeira cara.

Seja bem-vindo de novo e obrigado pela atenção. Venha participar, criticar, debater, trazer sugestões. Faça parte da comunidade do Freak Market!