Xvideos além do papai e mamãe

Faz um tempo que produções integrais dos anos 70, 80 e 90 pintam no site. De clássicos da golden era do pornô a filmes em que roteiro, trilha e atuação foram trocados só pelas trepadas hardcore que acontecem sem nenhuma explicação. 

O que vamos listar aqui são filmes que ficam entre a tênue linha do exótico com o grotesco. Produções que podem ser encaradas como comédias involuntárias. 

Tome coragem, ou entre no clima, dependendo da sua tara. Vamos gozar com essa bela lista:

48 horas de sexo alucinante

O primeiro da lista é um dos muitos cult da boca do lixo encontrados inteiros no site. O longa de 1987 dirigido pelo respeitado José Mojica Marins (o Zé do Caixão) não é algo que ele se orgulhe muito. Ele é uma sequência direta de 24 Horas de Sexo Explícito (1985) e retrata uma maratona organizada por uma psiquiatra em que vários atletas da cama devem aguentar uma trepação de 48 horas. Durante as filmagens, os atores e Marins se dão conta que eles estão lá para cumprir um fetiche da psiquiatra: ser penetrada por um touro quando ela está dentro de uma vaca de madeira. Fino.

As Taras do Mini Vampiro

Definitivamente o pornô Made in Brazil esbanja humor e criatividade. Neste filme da década de 80, que mais parece 70, um anão vampiro fica na caça de absorventes usados e mulheres em seus dias vermelhos para satisfazer a sua fome. Melhor que Crepúsculo.

A Virgem e o Fotógrafo

Mais um longa na íntegra datado de 1985 que narra as aventuras de um fotógrafo pegador às voltas com a primeira vez de uma virgem que quer virar modelo fotográfica. A bizarrice fica por conta da trilha sonora com músicas roubadas da banda Simply Red (foto) que tocam em todas as cenas de sexo dando aquele toque especial de motel barato do centrão. Será que a banda sabe que virou trilha desse sucesso?
 

Hipster Porn

“Pornô é muito mainstream, prefiro sexo datilografado.” Caro Hipster, você é mainstream e tem uma saraivada de vídeos de transas com caras barbudões, minas de óculos tatuadas e com todos acessórios que os tornaram famosos. Mas fique tranquilo, todos atores que participaram tem bike de bambu, composteira elétrica em casa e só comem burger vegano! Dá um search na palavrinha Hipster.
 

Urso Panda

O Toy Panda possui vários vídeos em que se diverte com belas garotas. Às vezes usam frutas, brinquedos sexuais e por vezes a própria ferramenta do ator vestido de urso fofinho. Usando “Panda Bear” na busca você vai se deparar com essa lista meiga do mascote taradão.

Boneco Safadinho

Kimberly Kane é uma atriz pornô que lembra a cantora pop Katy Perry e fez um longa em que transa com  o sósia do rapper Snoop Dogg e também com um boneco Elmo (Vila Sésamo) bem dotado. A montagem é tosca e vale risadas no momento do gran finale. Dê um search por “Kimberly Kane & Elmo Having Fun”.

Rocco é um Cara Familía.

O gigante do pornô mundial Rocco Siffredi, que ganhou um belo documentário ano passado intitulado Rocco, está na ativa há mais de 3 décadas e para diversificar seu público, apostou numa série em que satisfaz novinhas e senhoras maduras ao mesmo tempo. Procure por “Rocco Granny”, se o assunto te apetecer. 

Suruba com pterodáctilo

Por essa nem Spielberg esperava. Fizeram vídeos com atores vestidos de dinossauros com sexo pré-histórico. Tem cena com fantasia tosca de T-rex, mas a que ganha o troféu é a orgia com dois caras vestidos de pterodáctilos; o bicho que fica no capacete da Ranger Rosa de Power Rangers. Dá um search maroto em “Pterodactyl Dinosaur” e estrague a sua infância.

Zumbi erótico

Vocês achando que a indústria de filmes adultos não pegaria carona na onda dos zumbis? É óbvio que sim. Tem dos mais amadores aos com maquiagens caprichadas que dão um ar perturbador às cenas. Quase como se estivesse assistindo a algum horror de necrofilia, mas com os mortos bem animados. Procure pela palavra Zombie e enxergue Walking Dead sob uma nova perspectiva.

Olha o gás!

Imaginamos que você já está com a cabeça cheia de safadeza e sem energia vital, então se prepare para conhecer o submundo dos fetichistas do pum. É isso mesmo! Tem gente que sente enorme tesão em peidos. E o pior, cheira os gases expelidos pela parte traseira. Digite apenas a palavra fart por sua conta e risco.
 

Escrito por:

Alexandre Bezzi

Música e cultura pop são suas paixões. Estudou artes plásticas, mas tomou rumo como DJ e jornalista. Seu sobrenome virou apelido e nome de música. Se amarra em coisas clássicas e atemporais. Promove festas, happy hours e tem o hábito de acordar cedo.
Popular em Cinema