Indie Games: do desenvolvedor ao jogador

Conheça duas plataformas que unem desenvolvedores independentes que desejam feedback e fãs que procuram indie games criativos e gratuitos.

Recentemente entrevistamos o CEO do estúdio indie brasileiro Mad Mimic, Luis Tashiro, que compartilhou com a Freak Market sua visão sobre o mercado de games nacional, seus próprios projetos e valiosas dicas para quem quer ingressar neste ramo. Um dos diversos conselhos que Tashiro deu foi “Monte o seu primeiro projeto, do começo ao fim, e publique ele”, pois permite que o desenvolvedor possa compreender melhor seus pontos fortes e fracos, e assim, evoluir cada vez mais. Mas isso nos leva a uma outra questão; onde publicar o seu primeiro projeto indie?

Neste primeiro momento é de suma importância que o jogo seja consumido por diferentes tipos de jogadores para que o feedback seja mais rico e construtivo. Optar por uma plataforma de jogos independentes de grande visibilidade é uma boa jogada, pois lhe permite alcançar quem realmente importa: jogadores.

Muitos fãs de indie games procuram plataformas de distribuição de jogos para poderem ficar por dentro das novidades e curtirem experiências diferentes, sem precisar pagar por isso. Para quem busca opiniões e melhorias em seus projetos, é quase uma mina de ouro.

Para facilitar essa ponte, a Freak Market recomenda duas plataformas (estrangeiras) de grande porte, que permitem que desenvolvedores e fãs de jogos independentes fiquem lado a lado, criando uma comunidade com relação saudável, integrada e moderna: GameJolt e Itch.io.

Fundado em 2002 por David DeCarmine, na época com apenas 14 anos, o GameJolt é uma plataforma que unifica desenvolvedores independentes e audiência qualificada. Com mais de 17 anos de operação, a plataforma já passou da marca de 100.000 jogos publicados.

PARA DESENVOLVEDORES INDIES

Por se tratar de uma plataforma indie mais antiga, a quantidade de informação acumulada é impressionante, tornando o GameJolt um grande banco de dados sobre desenvolvimento de games. O site permite que os usuários interajam entre si através de um amplo fórum online, ideal para quem busca dicas e conselhos de como aprimorar processos de seu projeto.

Além disso, e talvez ainda mais importante, é possível distribuir o jogo ao público de forma gratuita, paga ou sob o modelo “pague quanto quiser”. O interessante é que todas as páginas dos games trazem uma caixa de comentários, no qual o público deixa opiniões, críticas ou sugestões.

PARA FÃS DE INDIE GAMES

Com centenas de games sendo adicionados a cada mês, ficar a par das novidades é uma tarefa difícil. Felizmente o site disponibiliza um pequeno software que simula uma biblioteca de jogos, permitindo que os usuários possam instalar e atualizar rapidamente. A Freak Market recomenda acessar esta pagina e procurar por jogos com a tag “FREE”, pois são títulos que receberam um grande volume de procura e foram muito bem avaliados.

Criado em 2013 pelo programador Leaf Corcoran, o Itch.io tem como objetivo e tornar um enorme marketplace de indie games, sem grandes burocracias ou taxas abusivas.

PARA DESENVOLVEDORES INDEPENDENTES

O grande destaque do Itch.io está no modelo de negócio, permitindo que desenvolvedores tenham total controle sobre todas as etapas da distribuição através de painéis online.

Além disso o Itch.io se destaca na questão ”comissão”, pois ao invés de cobrar uma taxa fixa em cima de cada transação (geralmente 30%), opta por atuar sob o modelo “pague o quanto quiser” no qual o público define qual o percentual do valor a ser destinado à plataforma.

Quando questionado sobre os riscos de comandar uma operação neste modelo, Leaf complementa “este é um risco que estamos dispostos a tomar para encorajar a generosa e solidária comunidade que se formou ao redor do itch.io”.

PARA OS GAMERS

Assim como o GameJolt, o Itch.io conta com uma plataforma gratuita para download e atualização. Inclusive é possível sincronizar diversos títulos de browser, permitindo que o jogador possa se divertir sem estar conectado à internet. Quem procura por jogos de qualidade e gratuitos, a Freak Market recomenda esta página, já filtrando resultados de grande procura e boas avaliações.

Escrito por:

Guilherme Kyoji

Popularmente conhecido como Koala, Guilherme tem 29 anos, trabalha com redes sociais, adora games e acha muito estranho se descrever em terceira pessoa.